Qual é a sua tática [dormir para decidir]


Tenho uma tendência a achar que aquele "vira pra lá e pra cá" das madrugadas que não conseguimos pegar no sono são muito produtivos. Não pela inquietação e o turbilhão de pensamentos todos ao mesmo tempo, mas porque depois dessa avalanche de reflexão a gente dorme. 

E sou daquelas que acha mesmo que dormir resolve muitas coisas na nossa cabeça.

Quando me vejo diante de uma decisão muito importante a tomar ou de algum problema a resolver sou daquela que pensa pra caramba. 
Tem gente que gosta de esperar por sinais, sair para relaxar e deixar que a vida decida por si só. Eu não consigo. Ansiedade? Um pouco sim. 

Mas eu diria que é mais uma sensação de "deixa eu fazer primeiro tudo que posso e está no meu controle, para então depois relaxar e aceitar que existem várias coisas na vida que estão fora mesmo do nosso controle. Aí sim, hora de relaxar e... [gozar, esperar, ligar o f****-se].
E no fundo, esta reação de primeiro tentar tudo (?! sente o exagero) para só depois eu relaxar, já é a minha típica resposta do meu jeito de ser pós-pessoa ansiosa. Acho legal falar disso, pois todo mundo (eu inclusive) só fala sobre como diminuir a ansiedade, como não ser ansioso/a, como lidar com as expectativas, como ser zen e blá blá blá.
E para os pós-ansiosos nada? ;)

Tenho essa ideia de que os pós-ansiosos são aqueles que conseguiram (depois de muita luta consigo mesmo) encontrar alternativas saudáveis para lidar com as expectativas e com seu jeitinho especial de ser (no meu caso, bem perfeccionistazinha). 

Então voltando ao assunto lá de cima, eu descobri que dormir antes de tomar algumas decisões me faz muito bem. Com o tempo eu aprendi a pensar (ou melhor dizendo, ficar ruminando o problema) de todas as formas possíveis. Com raiva. Sem raiva. Com culpa. Sem culpa. Com vaidade. Sem vaidade. Com bom senso. Sem bom senso. Até chegar ao com perfeccionismo e SEM perfeccionismo. E aí eu durmo. Não é assim que eu me force a dormir, é que eu tenho essa facilidade incrível de fechar os olhos e dormir...sei lá porquê.  De qualquer forma, uma hora a gente cai no sono mesmo que seja de cansaço. 

Depois de uma noite de sono, as coisas parecem estar mais equilibradas na minha cabeça e as alternativas vão aparecendo gradativamente sem toda aquela intensidade anterior.

Acho que eu preciso mesmo desse break para as coisas se ajustarem e eu começar a aceitar um pouquinho o peso de cada um desses sentimentos bons e ruins e no final botar cada um em seu lugar, com seu devido valor. Assim é o jeitinho que eu encontrei para manter o foco em soluções sem ignorar meus próprios sentimentos na hora decidir sobre a minha própria vida. Conselhos são ótimos, mas a verdade é que as pessoas nunca conseguem dar o mesmo peso para as coisas que nós.

Ou seja, existe vida (boa) pós-ansiedade :)

#empodere-se
#qualehasuatatica
#dormir

Por Angelica Prazeres





Postagens mais visitadas deste blog

Essa tal felicidade...

O que você faz quando ninguém está olhando?