Ansiedade, prá que?!!

Sentimento é uma coisa interessante...na verdade, nós somos uma "coisinha" interessante...

Quantas vezes já ouvimos as pessoas se queixando que são ou estão ansiosas? A coitada da ansiedade virou um monstro de 7 cabeças, a razão de todos os problemas, a vilã da história. Mas no fundo, o que a gente ignora no dia a dia é que a ansiedade, muitas vezes, é boa e essencial para todos nós. 




Peraí, ansiedade é boa? Sim, até que pode ser.

O problema mesmo é que somos uns neuróticos ao acharmos que não devemos sentir nada de desconfortável, que nossos filhos ou os que amamos não podem sofrer em hipótese alguma e que sofrimento é algo terrível que deve ser evitado a todo custo. Aí, realmente, fica difícil.

Primeira coisa a se dizer é: Ansiedade é uma sensação de luta e fuga do nosso corpo. O que, traduz isso?!

Se você não sentisse absolutamente nenhuma ansiedade, você certamente estaria morto. 
Isso porque a função da ansiedade no nosso organismo é nos proteger. 
Seria assim uma sinalização interna que nos avisa dos perigos amarelos (bom ficar atento), vermelhos (opa, é para fugir ou lutar!) e dos verdes (pode relaxar que foi alarme falso!). 

Moral da história, melhor reformular suas preces ao pedir que você nunca mais sinta ansiedade em sua vida. ;)

Segunda coisa a se dizer: Muito fácil falar, mas e toda aquela interpretação catastrófica do mundo que fazemos como estamos ansiosos? Onde entra nessa história?

Ih, gente a explicação é longa... Mas vou resumir aqui bem resumidinho.
(Vou postar logo logo um texto mais detalhado falando sobre isso)

Se seu cérebro (lê-se você) interpretou algo como ameaçador ou perigoso, ele vai mandar umas mensagens para que algo seja feito, logo, prá ontem! 

Aí a gente cai de novo naquela velha história de como é importante nos conhecermos bem e desenvolvermos nossa auto-estima. (E as pessoas ainda perguntam porque terapia é tão repetitivo, sempre o mesmo blá blá blá...mas tem outro jeito?!)

A verdade é que nos desenvolvermos tem tudo a ver com o jeito que vamos interpretar a vida, as outras pessoas e os nossos próprios sentimentos. Em outras palavras mais complicadas, tem tudo a ver com as mensagens que seu cérebro vai mandar para o tal Sistema Nervoso.

Se mais uma vez, a gente pisar na bola e continuar olhando (quase) tudo como uma coisa enorme, mais uma vez vamos ficar estressados, ansiosos e possivelmente paralisados.... Afinal, é tanta energia que o corpo gasta com tudo isso, que fica difícil reformular tudo e ainda ter motivação para mudar alguma coisa.

Então tá né? O jeito vai ser a gente parar de odiar tanto a ansiedade e ficar mais pertinho dela para começar a conhecer o inimigo de perto, bem de pertinho...






Postagens mais visitadas deste blog

Essa tal felicidade...

O que você faz quando ninguém está olhando?