Fazer ou não fazer [terapia], eis a questão...

Finalmente, você resolveu colocar todas as suas angústias para fora e resolver de uma vez por todas sua vida. 
"Peraí, peraí...será que é isso mesmo?! Sem dúvida alguma, foi um passo importante procurar ajuda profissional, mas porque não conversar com aquele amigo mais equilibrado, que sempre me dá bons conselhos, me conhece muito melhor que qualquer desconhecido com um diploma...Porque não sentar num barzinho, tomar uma gelada, conversar sobre a vida, pedir um apoio, uma palavra amiga àqueles que me conhecem e me querem tão bem?! Ao invés disso, tô eu inventando mais um compromisso (semanal!!Como se não bastasse tudo o que já tenho que fazer!), vou gastar uma grana (e não é pouco dinheiro...tanta coisa eu poderia comprar com esse dinheiro!!), e ainda nem sei se vou gostar...sei lá, que dúvida!!"



Dúvidas e mais dúvidas surgem na cabeça daqueles que ainda não estão certos sobre a decisão de iniciar ou não a terapia, aí vão as mais frequentes que ouvi dos meus pacientes: "será que psicólogo é a melhor opção? Poderia fazer Yoga, viajar com mais frequência, entrar numa academia"; "sempre achei estranho esta história de psicólogo, para mim era coisa de maluco, gente bem desequilibrada, sabe?!"; "não consigo entende como só falar pode ajudar a mudar coisas complexas da vida"; "Psicólogo é coisa de gay, né? Eu, um homem desse tamanho fazendo terapia?"; "eu sempre tive várias amigas, sempre achei que elas poderiam me ajudar mais que um desconhecido"; "terapia é coisa de rico, né? Ou de madame que não tem mais nada prá fazer na vida"; "sempre ouvi dizer que os psicólogos são mais doidos que a gente, como uma pessoa assim vai poder me ajudar?"; "nunca confiei em ninguém, e além disso, sou muito fechada, acho estranho fazer terapia, ter que ficar falando da minha vida pros outros". Esses são só alguns exemplos, entre várias outras dúvidas que passam na cabeça dos que ainda estão num momento de decisão sobre a terapia.

Eu não sou o tipo de psicóloga que acha que todo mundo na vida tem que fazer terapia para se sentir bem, não acho mesmo. Mas acho, sem nenhuma dúvida, que seria muito bom se a gente investisse nossa energia diariamente na busca do nosso bem-estar. 
Então, o que você anda fazendo DIARIAMENTE para se sentir bem?

Nos próximos posts, as respostas para essas perguntas aí em cima! :)

(Créditos da foto são do designer GrinBay - www.zazzle.com.br/grinbay)

Postagens mais visitadas deste blog

Essa tal felicidade...

Passivo, Assertivo ou Agressivo?